Anúncio Patrocinado


Nesta terça-feira (30), o comediante Renato Aragão, mais conhecido como Didi Mocó, dos Trapalhões, postou em seu perfil no Instagram que estava saindo da Rede Globo após 44 anos de trabalhos na emissora. “Minha grande parceira durante esses anos foi a Rede Globo, que me acostumei a chamar de minha casa. Mas diante há esses novos tempos e políticas internas de contratação, vamos iniciar uma nova fase e trabalhos pontuais”, escreveu ele em seu perfil.

View this post on Instagram

São 44 anos de estrada e me vejo diante há uma mudança! São novos tempos, novos parceiros, novos projetos e novos desafios. Minha grande parceira durante esses anos foi a Rede Globo, que me acostumei a chamar de minha casa. Mas diante há esses novos tempos e políticas internas de contratação, vamos iniciar uma nova fase e trabalhos pontuais. Tenho em minha vida pessoal e profissional a fluidez e o equilíbrio, vou onde meu público espera que eu esteja e melhor ainda, onde não esperam, pois sempre gostei e gosto de surpreendê-los, e não será diferente nessa nova fase! Já estou com novas oportunidades de trabalho e novos tempos que estão prestes a iniciar.

A post shared by Renato Aragão (@renatoaragao) on Jun 30, 2020 at 4:37am PDT

Mas Aragão avisou que já tem novas oportunidades à vista. “Já estou com novas oportunidades de trabalho e novos tempos que estão prestes a iniciar”, disse ele. O contrato de Didi acabava nesta segunda, e não será renovado.

Anúncio Patrocinado

Aos 85 anos, Aragão é considerado um dos maiores comediantes do Brasil. Em 1977, estreou na Globo, após três anos na TV Tupi. Líder dos Trapalhões, programa que ficou no ar antes do “Fantástico” até 1995, quando os atores Mussum e Zacarias faleceram. Depois disso, Didi não ficou para trás e ganhou um programa dominical no período da tarde, chamado “A Turma do Didi”, exibido até 2010. Em 2017 houve uma tentativa de fazer a trupe voltar, dessa vez com Dedé Santana, Didi e outros atores que não estavam presentes no original — o projeto não vingou e, desde então, o comediante não atuava mais na TV.

A lista de filmes que Aragão estreou é tão extensa quanto sua carreira. Ao todo, foram 42 produções — entre elas “Ali Babá e os Quarenta Ladrões”, de 1972, “O Incrível Monstro Trapalhão”, de 1981 e “Simão, o Fantasma Trapalhão”, de 1998. Seu filme mais recente foi “Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood”, em 2017.

A EXAME entrou em contato com a Globo, que afirmou que “tem tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro”. “Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos. Assim, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos”, afirmou em comunicado enviado à EXAME. “Renato Aragão, com quem tivemos uma longa parceria de sucesso, tem abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas”, garantiu.

O nome do comediante foi um dos assuntos mais comentados no Twitter durante esta manhã. A saída de Didi acontece após diversos encerramentos de contratos de nomes gigantes, como Aguinaldo Silva, Vera Fischer, Miguel Falabella, Zeca Camargo e Stênio Garcia e parece fazer parte de um movimento da emissora para contratar profissionais mais “frescos” no mercado, como é o caso da ex-BBB e influencer Rafa Kalimann, que foi recentemente contratada pela emissora.

Neste ano, apesar da pandemia do novo coronavírus, a audiência da Globo cresceu, impulsionada principalmente pelo Big Brother 2020.

Nesta edição o paredão com os participantes Felipe Prior, Manu Gavassi e Mari Gonzalez rendeu ao programa um certificado do Guinness World Records de maior quantidade — mais de 1,5 bilhão — de votos em programa de televisão.

A média diária de audiência foi de 37 milhões de pessoas na televisão aberta e por assinatura. Além de 4,3 bilhões de impressões nos perfis oficiais nas redes sociais. Um número e tanto.

The post Renato Aragão, o Didi, deixa a Globo após 44 anos appeared first on Exame.





Link do Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui