Anúncio Patrocinado


Se você caiu de paraquedas aqui e não faz a menor ideia do que são chakras, aconselho que você leia o artigo anterior primeiro, no qual explico o que são e reúno algumas informações importantes sobre o primeiro deles: o Chakra Básico ou Raiz. Além disso, ao final desse último artigo, está o link para uma meditação guiada por mim, que te ajudará a equilibrar o primeiro chakra e, consequentemente, ter mais estabilidade em sua vida.

Agora, se você já leu o artigo anterior e já sabe o que são chakras, vamos um pouquinho mais adiante.

Anúncio Patrocinado

Como disse antes (e não custa nada reforçar), existem várias linhas de conhecimento que estudam os chakras e que, por isso mesmo, pode haver divergências de informações por aí. As que trago para você neste e nos outros artigos são fruto das minhas próprias pesquisas realizadas durante anos, cruzando e reunindo diversas fontes de informação. Por isso, recomendo que você faça as suas próprias pesquisas para compreender o que mais faz sentido para você, ok? A minha verdade não é absoluta… longe disso!

Homem meditando diante do pôr do sol.

Neste artigo, daremos continuidade à nossa jornada por meio dos chakras e entraremos em contato com a energia do segundo deles: o Chakra Sexual ou Chakra Sacral. Em sânscrito, é chamado de Svadhisthana chakra. Esse centro energético está localizado na região do baixo ventre, tanto do homem como da mulher, cerca de três dedos abaixo do umbigo. Ele é representado pela cor laranja e, quando equilibrado, é responsável pela nossa conexão e habilidade de aceitar o outro e novas experiências, pela nossa criatividade, sensualidade, expressão dos nossos sentimentos, relacionamento com o outro, alegria, adaptabilidade, fertilidade, prazer, sexualidade, sentido de abundância e de bem-estar, dentre tantos outros aspectos da nossa vida. Além disso, é responsável pelo bom funcionamento, principalmente, do nosso sistema urinário, rins, baço, gônadas, sistema imunológico, órgãos reprodutores e glândulas sexuais.

Você também pode gostar de:

Quando em desequilíbrio, pode afetar as genitálias, causar problemas sexuais ou de fertilidade, na articulação do quadril ou sacrilíaco, espasmos musculares, cãibras, cólicas, desequilíbrios hormonais, desordens menstruais, desidratação, rigidez e isolamento. Em resumo, é o centro que mais nos liga com os assuntos emocionais e relacionados à nossa intimidade. Por isso, o elemento conectado a esse chakra é o elemento água.

Se você consegue identificar em si mesmo algum desses desafios citados acima, talvez seja o momento certo para você dar uma atenção especial a esse chakra e começar a equilibrá-lo e harmonizá-lo. Existem inúmeras maneiras de fazer isso, mas a que traga aqui para você é a meditação.

Mulher meditando na praia.

A seguir, proponho a você que façamos juntos uma meditação que, apesar de bem breve, tenho certeza que trará muitos benefícios para sua vida logo de cara, se você a fizer com dedicação. Usaremos o poder da visualização da cor laranja e do bija mantra VAM para trabalharmos nosso direito de SENTIR através do Svadhisthana chakra. Você pode realizá-la quantas vezes quiser, durante vários dias, ou apenas uma única vez – sinta no seu coração o que é melhor para você, ok? Se preferir, você também pode mentalizar, sempre que sentir vontade, a afirmação “Eu sou criativo e adaptável”.

Preparado(a)? Vamos meditar? Namastê!



O post Equilibre o segundo chakra para potencializar sua criatividade apareceu primeiro em Eu Sem Fronteiras.



Fonte do Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui