Anúncio Patrocinado


São Paulo – Se a discussão sobre a origem do Universo já se tornou repetitiva, um novo debate agora questiona sobre o formato que essa estrutura espacial que abriga todos as galáxias, sistemas, planetas e estrelas. Com base em dados coletados, a Agência Espacial Europeia está sugerindo que o universo pode ter formato esférico, tal qual um planeta.

A discussão nasceu a partir das informações coletadas pelo telescópio espacial Planck. O equipamento é utilizado para realizar medições e análises das micro-ondas de radiação cósmica remanescentes da teoria da expansão interestelar causada pelo Big Bang.

Anúncio Patrocinado

O problema é que essa discussão está gerando o que está sendo chamado de crise cosmológica. Durante décadas, cientistas e pesquisadores da área trabalham com a hipótese que o universo seria plano e aberto, tornando-se infinito.

<span class="hidden">–</span>Nasa/Reprodução

Nas discussões encabeçadas pela ESA e que surgiram após a ocorrência de um efeito cósmico chamado de “microlente gravitacional”, que provoca distorções no tecido do espaço-tempo, o Universo pode ser esférico e, com isso, fechado. Neste caso, em algum momento que poderia levar bilhões de anos, um objeto lançado ao espaço poderia retornar ao mesmo ponto que partiu.

Por ora, as discussões ainda se baseiam em poucas informações coletadas sobre o real formato do Universo. De certo é que, a partir de agora, não será apenas o formato da Terra o tema de debates que vão ocorrer em salas de reunião lotadas de cientistas ou em mesas de bar espalhadas pelo mundo.



Fonte do Artigo

Artigo anteriorCom séria doença, Eduardo Costa acorda no meio da noite e desabafa com fãs: “não consigo”
Próximo artigoQuatro dicas culturais para o fim de semana
Joana Sobrinho
Joana Sobrinho Inscreva-se 📽 Youtube Instagran Facebook Street Extreme ❌ 👻: joanasobrinho

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui