TV Cultura peita o SBT, contrata renomado ator mirim e estreia novo programa

Tempo de leitura: 3 minutos


Matheus Ueta, ator mirim do SBT, estará em Casakadabra (Foto: Reprodução)
Matheus Ueta, ator mirim do SBT, estará em Casakadabra (Foto: Reprodução)

A TV Cultura está preparando uma grande reformulação para a sua grade de programação. Por causa disso, alguns programas estão prontos para estrear. Um deles é o Casakadabra, que contará com a presença de um renomado ator mirim no elenco.

+Programa de Fernanda Gentil demora pra sair da gaveta, levanta suspeitas e apresentadora se pronuncia

Trata-se de Matheus Ueta, que fez bastante sucesso como o Koquimoto na novela Carrossel. Por causa do fenômeno da trama, ele acabou sendo contratado por Silvio Santos para apresentar o Bom Dia & Cia.

+ Após romance, Bruna Marquezine é vista novamente com irmão de Giovanna Ewbank e reacende suspeitas

A própria emissora, através de seu site, define o programa como “um grande elenco em uma história envolvente, tendo como cenário uma casa repleta de magia, humor e fantasia“.

DIEGO HYPOLITO FALA PRIMEIRO COM O SBT SOBRE HOMOSSEXUALIDADE

O ginasta olímpico, Diego Hypolito chocou muita gente e resolveu falar abertamente sobre a sua homossexualidade, se assumindo gay em entrevista recente. O rapaz, que sempre foi questionado sobre o assunto, revelou que apenas agora se encontrou preparado para falar sobre o tema que rondou sua vida pessoal por anos. Por causa disso, segundo informações do jornalista Fernando Oliveira, da Jovem Pan, o rapaz virou alvo imediato de várias emissoras de TV. A Globo, por exemplo, queria que ele falasse a atrações como o Fantástico e o Esporte Espetacular. Mas a emissora acabou ficando pra trás, já que Diego gravou uma entrevista exclusiva com o Conexão Repórter, que será exibido nesta segunda (13) no SBT.

+Ator famoso é encontrado morto e detalhes inéditos vêm à tona

Na entrevista ao UOL, Diego Hypolito falou da solidão de ficar preso em sua própria sexualidade. “Eu vivi a solidão de não ter ninguém com quem eu pudesse compartilhar os dilemas de ser uma pessoa gay numa sociedade preconceituosa. Por mais que todo mundo tenha a impressão de que tem muito gay na ginástica, não tem. Todo mundo me zoava, zombava do meu jeito. Eu tinha o sonho de conseguir uma medalha olímpica e faria de tudo para chegar lá, até esconder quem eu era. Eu tinha certeza que se um dia eu saísse do armário publicamente, perderia patrocínios e minha carreira seria prejudicada”, disse o atleta.

Diego Hypolito (Foto: Reprodução/Instagram)

+De animal print, Larissa Manoela inova em look e curte sábado ensolarado no Rio

Aos 19 anos, Diego contou que se atentou para a sua orientação, porém só se assumiu para a família quase dez anos depois, aos 28 anos, em 2014. “Foram anos e muita terapia, além da proximidade com outras pessoas gays, para que eu chegasse nesse ponto de ter a coragem de falar abertamente sobre a minha sexualidade. Acho que meu exemplo pode fazer com que muitos garotos que hoje estão sofrendo deixem de sofrer”, falou. “Esse era o último fantasma que eu precisava espantar de dentro de mim. (…) Nunca mais vou deixar de viver o que eu sou. Eu sou gay”, finalizou Hypolito.





Fonte do Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *