Quando o Universo desperta nossa consciência

Tempo de leitura: 8 minutos


Estamos vivendo um momento único em nossa existência. Um momento onde nosso planeta e nossa realidade estão sendo bombardeados com uma energia de luz como nunca antes aconteceu.

O que chamamos de irmandade branca, irmandade intergaláctica ou irmandade espiritual, todos afirmam o mesmo: a energia que banha nosso planeta é de amor e profunda libertação.

É uma energia que está vindo para transformar nossas vidas e nossa realidade.

Ilustração de mulher expandindo a consciência.

Esse processo não se iniciou agora, mas em 2012, com a virada da nova era, já prevista pelos antigos Maias.

O fim dos tempos, era na verdade, o final de um período de onde a velha energia do medo e do controle dominaram nossa existência permitindo que poucos impusessem suas vontades e desejos sobre toda a humanidade, mas isso acabou. Claro que todo esse processo de mudança leva tempo, afinal somos mais de sete bilhões de pessoas no mundo, sendo que a grande maioria nem imagina os privilégios que essa minoria desfruta no seu dia a dia.

Calendário maia.

Mas o ponto aqui não é olhar para o que está errado, mas sim como entender e se permitir ser levado por essa onda de energia positiva e profundas mudanças globais.

Todos estão passando por esse processo, mesmo essa minoria, e isso é extremamente importante pois essa nova consciência de amor está tocando à todos nas profundezas de seu subconsciente, e as mudanças já começam a acontecer.

É a luz sendo lançada sobre todas as sombras, sejam elas em nosso cotidiano, sejam elas em nossa consciência.

Só que quando as sombras são iluminadas, o que está lá é visto, percebido e reconhecido, e claro que no geral não é nada muito agradável em um primeiro momento. Questões sociais e em nossa consciência são trabalhadas e isso pode trazer apreensão. Me refiro aqui as práticas realizadas por essa minoria, bem como as nossas crenças e convicções subconscientes. Em um primeiro momento pode parecer que tudo está piorando, mas nada que não existisse “sempre”, mas longe de nossos olhos, e agora começamos a ver e entender tudo. É nossa evolução.

Homem olhando para céu estrelado.

Por isso continuo afirmando, esse é o momento de vibrar muito amor incondicional, entender que no fundo todos somos reflexos de nossas crenças e convicções subconscientes e que não vale o julgamento. Não vale. Deus não julga e ele está dentro de cada um de nós. Julgamento é coisa de nós humanos, consequência de todo o medo no qual fomos criados e interiorizamos desde os primórdios dessa nossa civilização atual, algo em torno de 13 mil anos.

Se você acha que não existiu nada antes disso, pense que da pedra lascada até a estação espacial, temos ai 10 ou 20 mil anos. Os dinossauros foram extintos à 65 milhões de anos e o planeta tem 4,5 bilhões de anos. E tem mais, em nossa galáxia existem mais de 10 bilhões de planetas com características semelhantes à da Terra, como proximidade de uma estrela no que a ciência tradicional chama de Zona Habitável. Apenas reflita sobre isso.

Isso tudo é apenas para definitivamente abrir sua mente para algo maior, muito maior. Entenda, nessa troca de informações talvez novas, temos mais de 50 anos de sérias e profundas experiências cientificas e estudos sobre a consciência e toda a força que ela tem em nossa realidade.

Ilustração de pessoa conectando-se com universo.

Edgard Mitchell, o sexto astronauta a pisar na lua, depois de sua incrível missão, criou o Instituto de Ciências Noéticas, uma organização sem fins lucrativos voltada aos estudos da consciência e que atraíram a atenção e participação de muitas mentes importantes e renomadas em todo mundo. Estou falando de nomes como Joseph B. Rhine, Hal Puthoff, Bill Church, Fritz-Alberto Popp, Rupert Sheldrake, Renato Nobili, Jacques Beneviste, Ervis Laszlo, Dean Radin, Karl Pribram, Robert Jahn, Brenda Dunne, William Braud, Cleve Backster, entre muito outros. Tudo isso acontecendo longe dos olhos da mídia e dos grandes provedores das maiores universidades do mundo todo, afinal, essa nova ciência não interessa muito para a tal minoria que domina o planeta. O que interessa para eles é o lucro, e nisso temos a geração de energia a partir de combustíveis fosseis, a transmissão dessa energia por meios físicos, e claro, a bilionária indústria farmacêutica, tendo retornos absurdamente inimagináveis com a manutenção controlável das enfermidades.

Você também pode gostar de:

Mas isso tudo começa a caminhar para uma mudança sem igual, onde a consciência toma o seu lugar central em nossa existência e a nossa divindade interior passa a vibrar uma energia de amor e compaixão que se expande energeticamente sobre todo o planeta e nossa civilização, tocando todas as pessoas e permitindo a cada ser humano desempenhar seu papel de pilar de luz.

É um caminho diferente, onde não vale mais a violência, a disputa e a revolta, pois são energias que criam entropia e são no fundo disfuncionais.

Isso nunca funcionou e nunca funcionará. Mas o amor, sim. Esse sim é a única ferramenta que realmente funciona, pois atua em conjunto com a energia presente em todo universo, que permite que nossa consciência se expanda ao ilimitado, onde as possibilidades se tornam infinitas e nos levam a uma conexão permanente e evolutiva com todo o universo e além dele, a multidimensionalidade.

Coração vermelho brilhante.

Somos seres espirituais vivendo uma experiencia física neste plano, onde a potência máxima é o sentir. Então vamos nos permitir sentir esse amor que está em todo universo. Vamos nos permitir viver esse amor, e acima de tudo permitir nos sentirmos profundamente amados, pois essa é a nossa grande missão.

Tudo o que você fez, tudo o que aconteceu com você e toda sua existência jamais foi um castigo ou uma punição. Aliás, pode ser isso sim, mas tudo isso parte unicamente de você, da sua consciência, dominada por padrões negativos que visavam apenas o seu controle, a sua apatia em relação a sua existência, mas isso acabou, e esse fim começa exatamente onde ele se iniciou, em você.

Por isso, se permita viver esse momento de transformação com a vibração do amor, e entenda que todas suas dificuldades atuais ou momentos de tensão, nada mais são do que profundos processos de libertação de sua consciência. Pode ser que agora as coisa não pareçam nada boas ou positivas, mas confie que o que vem depois é muito, mas muito positivo em todos aspectos de sua vida, pois todo esse “negativo” na verdade sempre esteve ai dentro de você, operando escondido através do seu livre-arbítrio, e agora chegou a hora de tudo isso mudar, dentro de você, através de você e para você.

Tudo o que você tem feito, por menor que você ache que seja, no caminho da luz, é profundamente reconhecido e abençoado pelo universo, ou por Deus, se você preferir, ou como preferir. A menor das intenções de mudar algo, principalmente em você, é grande demais e incrivelmente maravilhoso aos olhos da Fonte Criativa, novamente Deus ou o Criador, como você preferir. Na verdade, a nomenclatura não muda absolutamente nada, pois essa força, essa energia é de puro amor e te ama e sempre te amou profundamente.

Toda essa mudança e transformação se inicia em cada um de nós, em nossa consciência, e naturalmente se expande para todo o mundo e universo.

O amor se propaga naturalmente pelo universo pois é sua essência, e leva essa transformação, primeiro, para os que estão a nossa volta, e depois para todo o resto. E isso não é egoísmo não, pois essa frequência não é resultado da ação de nossa criancinha interior, mas de nosso amor mais profundo.

Então, confie nesse novo e se permita viver sua verdade maior com toda sua força. O universo só espera isso de você e mais nada. A principio pode parecer difícil, mas na essência é o processo que escolhemos viver nesta vida, neste plano, e na confiança, a verdade e a transformação estão nos levando de encontro ao nosso melhor, muito melhor.

Namastê!!

O post Quando o Universo desperta nossa consciência apareceu primeiro em Eu Sem Fronteiras.



Fonte do Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *