Anúncio Patrocinado


Oiê! Como estão as coisas com você? Estou escrevendo num clima de final de ano para compartilhar um presente que ganhei antes mesmo do Natal…

Aprender a lidar com os sentimentos negativos. Raiva, tristeza, medo… Ninguém gosta de sentir isso, certo? E tendemos a querer encobrir isso fazendo outras coisas ou com pensamentos positivos.

Anúncio Patrocinado

Mas para mim nunca funcionou essa coisa de pensar positivo, não importa o que aconteça. Se funciona para você, maravilha…

Mas o que tem mais tido efeito para mim é: ficar com o sentimento. Pode ser desconfortável. Chato. Fora de hora. Pode ser um monte de coisas desafiadoras. Mas não tem outro jeito.

Deixar de sentir o que quer que apareça é igual a fechar uma panela de pressão. E o pior é que uma hora explode sem controle, jogando sujeira pra todo lado. Machucando outras pessoas e até a gente mesmo.

Homem sentado no sofa com as duas mãos cobrindo o rosto

Quando surgir a raiva, por exemplo, fique com ela. E procure observar as sensações físicas no seu corpo, voltando para o momento presente. Respirando um pouco para tomar consciência. E nada mais precisa ser feito.

Quanto mais você conseguir se apropriar das sensações sem reagir… a probabilidade é de que a raiva mais rápido vai passar. Assim como a tristeza. Apenas se deixe se sentir triste. Chorar. Ficar um tempo na cama.

Usar ferramentas que permitem que a gente possa ficar em silêncio com os sentimentos ajuda a entender com a prática rotineira: que você não é irritado ou deprê ou estressado… Você está! Os sentimentos são ondas que passam pelo nosso corpo.

Mulher segurando cabelo e olhando para frente

E quando perceber isso vai ver que, como ondas, eles entram e saem. Tudo muda o tempo todo! Aprenda a lidar com os sentimentos e crescer com eles. Nunca reprimir e fingir que não está acontecendo.

Você também pode gostar

Use o yoga, que mexe com o corpo e com a respiração, ative o sistema nervoso central com essas técnicas para estar presente e poder enxergar com mais clareza. E desapegar do que aparecer. Quando for o momento, deixar ir. Sempre vão surgir oportunidades para aprendermos como fazer isso com cada vez mais clareza!

Espero que tenha te ajudado!

Namastê!

O post Lidando com as emoções negativas apareceu primeiro em Eu Sem Fronteiras.



Fonte do Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui