Anúncio Patrocinado


São Paulo – A cada 18 meses, a Lua se posiciona entre a Terra e o Sol, de maneira a impedir que a luz solar chegue até o planeta onde vivemos. Com isso, o dia se torna noite por um curto período, cerca de dois minutos e meio. Nesta terça-feira (2), alguns países da América do Sul conseguirão ver o eclipse solar completo, já que este começará no Chile e terminará seu caminho na Argentina.

No entanto, países como Brasil, Uruguai, Paraguai e Equador terão apenas uma visão parcial do fenômeno. Para oferecer uma oportunidade de acompanhar o evento astronômico ao vivo, a gigante de computação americana IBM, com a Nasa e com observatórios espaciais do Chile e da Argentina, irá transmitir ao vivo, pela internet, o Grande Eclipse Solar Sul-Americano. A transmissão será viabilizada também por meio de uma parceria com a The Weather Company – que, aliás, é subsidiária da IBM.

Anúncio Patrocinado

Por meio deste site, será possível ver o eclipse solar total, independentemente de qual região o indivíduo estiver. A transmissão terá início às 17h, horário de Brasília, e está prevista para durar cerca de meia hora – tempo total do fenômeno. É possível verificar a hora exata do eclipse e quanto tempo ele durará, a partir de sua região, por meio deste website.

Com comentários de especialistas sobre o assunto durante a transmissão ao vivo da IBM, usuários também poderão interagir pelo Twitter utilizando a hashtag #TotalEclipseFromTheCloud.

Se você gosta de acompanhar eventos astronômicos, no próximo dia 9 de julho, feriado em São Paulo, será possível ver o planeta Saturno. No entanto, devido à distância do planeta da Terra, será preciso utilizar um telescópio para acompanhar a aparição no céu.



Fonte do Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui